Notícias
14/11/2018 21h43
Presidente da AMMA defende Magistratura dos ataques de candidato à OAB/MA

O presidente da AMMA, juiz Angelo Santos, concedeu entrevista ao ‘Sala de Entrevista’, quadro do telejornal ‘Portal da Assembleia’, mediado pela jornalista Natália Macedo e pelo procurador-geral da Assembleia, Tarcísio Araújo, na tarde desta quarta-feira (14). Na ocasião, o juiz defendeu a magistratura das acusações proferidas pelo advogado Mozart Baldez, candidato à presidência da OAB/MA, durante sabatina nesta segunda-feira (12), na TV Assembleia. Confira a íntegra da entrevista aqui.
 
Ao iniciar a entrevista, Angelo Santos agradeceu a direção da TV Assembleia por ter concedido o direito de resposta à Associação. Ele esclareceu alguns pontos em relação ao trabalho produtivo dos magistrados do Maranhão. “O candidato Mozart Baldez veio à TV Assembleia e, de forma oportunista, trouxe inverdades a respeito da magistratura maranhense na tentativa de obtenção de proveito próprio”.
 
Na entrevista, Angelo apresentou dados do Relatório Justiça em Números 2018, do Conselho Nacional de Justiça, os quais mostram que os magistrados do Maranhão estão entre os mais produtivos do Brasil.
 
De acordo com o presidente da AMMA, até setembro do ano de 2018, já foram produzidos mais de um milhão e trezentos mil atos judiciais, incluindo sentenças, decisões, despachos, audiências e júris, para pouco mais de 307 magistrados. “O que demonstra, em média, mais de 4mil atos judiciais por magistrado”, afirmou.
 
Além disso, Angelo ponderou que o Tribunal de Justiça do Maranhão pontuou entre os melhores do País no ano de 2017, alcançando excelentes resultados nos quesitos Índice de Atendimento à Demanda no 2º e 1º graus; índice de Produtividade no 1º grau; Tempo Médio da Sentença e Tempo Médio de Tramitação dos Processos.
 
“Os números do Relatório do CNJ, mais uma vez, demonstram que a magistratura do Maranhão cumpre com o seu papel de resposta efetiva à população. Por isso, repudiamos e não aceitaremos ataque que qualquer candidato faça contra a magistratura do Maranhão, formada por magistrados de reputação ilibada, voltados ao trabalho e vocacionados em levar justiça ao povo do Maranhão”, explicou.
 
Ao final da entrevista, Angelo ressaltou que acusação a algum magistrado deve ser apresentada com provas robustas, aos meios adequados, ou seja, à corregedoria estadual ou nacional. “Caso não tenha coragem de apresentar indício de qualquer desvio de conduta, não fique levantando falso testemunho ou usando a mídia local para atacar a magistratura”.
 
ELEIÇÃO AMMA
 
Na oportunidade, Angelo Santos falou da eleição da AMMA que o consolidou para um novo mandato na Presidência da Associação, biênio 2019/2020, com destaque para a expressiva votação, a marca da sua gestão, e, por fim, ressaltou as suas prioridades e desafios para o novo mandato.
 
“Tentamos fazer com que a Associação atuasse nos três eixos associativos. Uma Associação é atuante quando trabalha com eficiência no eixo associativo, no institucional e no político-social”, ponderou o presidente.


Comentários:
Seja o(a) primeiro(a) a comentar este conteúdo!

Adicionar um Comentário:
CPF:  (Seu nome será incluído automaticamente no comentário)


1500 caracteres restantes


REDES SOCIAIS
Busca
Maillist
TV AMMA
COMPARTILHAR
jornal