A Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) repudia, mais uma vez, a atitude irresponsável do advogado Mozart Baldez, candidato à Presidência da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MA) que, nesta sexta-feira (28), divulgou um video, em redes sociais, atacando de forma injusta o juiz Alessandro Arraes, titular da Comarca de Grajaú.
 
No vídeo gravado no fórum de Grajaú, o advogado acusa levianamente o juiz Alessandro Arraes de estar ausente da comarca, além de afirmar que o Judiciário maranhense tem "jornada de trabalho TQQ".
 
A informação de Mozart Baldez não condiz com a verdade. Nesta sexta-feira, ao contrário do que afirma o advogado, o juiz Alessandro Arraes se encontrava na comarca, desenvolvendo inspeção eleitoral em mais de 20 locais de votação, tanto na sede quanto em povoados do município de Grajaú (veja fotos).
 
Esta não é a primeira vez que Mozart Baldez se utiliza de mecanismos levianos para tentar prejudicar magistrados. Em julho deste ano, apoiou cena irresponsável no Fórum de São Luís, quando outro advogado jogando-se propositadamente ao chão, simulou que teria sido empurrado por seguranças. Imagens de vídeos divulgadas nas redes sociais e blogs comprovaram a farsa do advogado.
 
A AMMA rejeita a tentativa de alcance de projeção eleitoral pelo advogado Mozart Baldez, por meio de ataque a imagem de toda a Magistratura maranhense, comprovadamente uma das mais produtivas e eficientes do Brasil, conforme relatório Justiça em Números 2018, do Conselho Nacional de Justiça.