Notícias
08/03/2018 00h20
AMMA parabeniza mulheres pela conquista de espaço na Magistratura maranhense

No Dia Internacional da Mulher, 8 de março, a Magistratura maranhense tem motivos para comemorar. O Maranhão ocupa boa posição no cenário nacional, em número de mulheres no Poder Judiciário.

De acordo com levantamento realizados em 2017, pelo Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ), órgão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), do total de 17.670 magistrados em atividade no Brasil, 37,3% são mulheres. O Maranhão possui o percentual de 35, 5% magistradas, mantendo-se na média nacional e à frente de vários estados.

Na avaliação do presidente da AMMA, juiz Angelo Santos, as mulheres têm conseguido conquistar, com louvor, um espaço de destaque não só na Magistratura como, também, em todas as esferas da sociedade brasileira. Segundo ele, no Judiciário a conquista feminina tem sido muito expressiva, tanto pelo número de magistradas quanto pela coragem e compromisso com que as mulheres enfrentam os desafios da carreira.

“A AMMA parabeniza todas as magistradas do Brasil e, em especial, as do Maranhão, que como muita coragem e determinação estão conseguindo vencer os obstáculos e se consolidam na carreira, abrindo espaço para que outras mulheres venham se unir a este time de valorosas profissionais que engradecem o Poder Judiciário maranhense”, disse Angelo Santos.

O perfil da magistratura maranhense, que a cada década consolida a presença de maior número de mulheres, acompanha a tendência nacional.
 
Pesquisas realizadas junto às magistradas de todo o País revelam, também, os principais obstáculos enfrentados pelas mulheres que abraçaram a carreira da Magistratura, dentre eles, as constantes mudanças de cidades e a responsabilidade que lhes é socialmente imputada em relação à família (cônjuge e filhos).

Tal realidade foi muito bem retratada no documentário “Antes de Julgar, é preciso conhecer”, produzido e divulgado pela AMMA em 2013. O vídeo mostrou a rotina da juíza Lavínia Coelho, refletindo exatamente o cotidiano das magistradas que se dividem no papel de mães e esposas. Entre idas e vindas às comarcas do interior maranhense - a maioria com infraestrutura precária - a magistrada se desdobra para cumprir suas atribuições longe dos filhos.

Dados importantes também foram mostrados em julho de 2008, quando a AMMA publicou matéria especial no seu jornal Dia a Dia, com o título “O Desafio de fazer justiça”. A reportagem destacou o desafio do exercício da magistratura no interior maranhense.

Apesar dos avanços, o histórico do Judiciário brasileiro mostra que a conquista das mulheres neste espaço, por muitas décadas restrito aos homens, foi árdua e que muito ainda há a percorrer. 


Comentários:
Seja o(a) primeiro(a) a comentar este conteúdo!

Adicionar um Comentário:
CPF:  (Seu nome será incluído automaticamente no comentário)


1500 caracteres restantes


REDES SOCIAIS
Busca
Maillist
TV AMMA
COMPARTILHAR
jornal